Home / Artigos / Se você não tem ossos de vidro vai ficar mais fácil

Se você não tem ossos de vidro vai ficar mais fácil

 

Se você não tem ossos de vidro vai ficar mais fácilVou falar a você de um assunto muito delicado, sobre o qual muitas pessoas têm uma ideia distorcida, porque são vítimas de boatos, falta de informação e dos “picaretas”. Leia até o final, pois terá uma grande surpresa e verá que valeu a pena.

Primeiro vou falar um pouco sobre o que me levou a procurar, digamos assim, esse novo horizonte na minha vida.

Eu sofro de um mal congênito chamado “osteogênesis imperfecta”, que algumas pessoas apelidaram de mal dos ”ossos de vidro”. Vou explicar em poucas palavras: a qualidade dos meus ossos é frágil, o que significa que estou sujeito a fraturas com mais facilidade do que seria normal.

É verdade que esse mal congênito do qual padeço é em grau um pouco menor do que a gravidade que se verifica no caso de algumas pessoas que padecem do mesmo problema. Ao longo de minha vida, eu sofri até agora cerca de 10 a 12 fraturas, enquanto as pessoas que sofrem do mesmo mal em uma classificação mais grave muitas vezes sofrem 100 ou até mais fraturas ao longo da vida.

Quando fraturei um braço, tive que ficar em casa por vários meses, e conclui que estava na hora (ou já havia até passado da hora) de buscar uma forma alternativa de viver e de me sustentar, com uma boa renda, sem precisar sair de casa, sem precisar enfrentar trânsito, nem obedecer a horários rígidos e a rotinas muitas vezes desagradáveis, e sobretudo sem ser obrigado a conviver – muitas vezes – com chefes insuportáveis e com pessoas com as quais eu não gostaria de interagir no dia a dia.

E aí chega o momento em que você talvez queira me contestar, pois muita gente vai torcer o nariz e querer parar de ler, mas não desista, pois vou lhe passar informações surpreendentes nas quais, inicialmente, você não vai querer acreditar antes mesmo de conhecer o que eu vou dizer. Renovo o meu pedido: leia até o final e terá na verdade não uma, mas muitas surpresas.

Devido a esse mal congênito e a todos os problemas de locomoção que resultam dele, resolvi pesquisar formas realmente sérias e honestas de ganhar dinheiro pela internet. A primeira frase que vem à cabeça da maioria das pessoas, tenho certeza, é a seguinte: ganhar dinheiro pela internet é coisa de picareta. E eu respondo com o seguinte: na internet tem picareta como em qualquer parte. Mas tem gente muito séria ganhando muito dinheiro e de forma honesta e responsável.

Onde não tem picareta? Tem até no Congresso (risos). E o pior: descobriram que há muitos picaretas também no Palácio do Planalto (risos de novo)… E “cercando” o palácio do Planalto também. E não estou me referindo aos Dragões da Independência, que são pessoas compenetradas em suas obrigações…

Para ganhar dinheiro na internet não espere milagres. É um trabalho sério, com uma diferença … aliás, muitas diferenças, em relação a outros trabalhos. E é isso que a gente vai ver daqui para a frente, entre muitas outras coisas…

A primeira coisa que você tem que saber para não reagir de imediato ao trabalho pela internet é o seguinte: quem trabalha sério não promete milagres. Os “picaretas” são aqueles que vendem a ilusão de que trabalhar pela internet é “moleza”, basta instalar um programinha ou montar um blog e depois ficar dormindo e ver o dinheiro chegar à sua conta bancária. Está longe disso. Isto, sim, é picaretagem ou, no mínimo, ilusão. Quem quer fazer um trabalho sério sabe que é preciso estudar e aprender muito, dedicar-se com profissionalismo (como em qualquer profissão) para então obter bons, ótimos ou excelentes resultados.

Mas, então, quais as vantagens de se trabalhar pela internet? São tantas que eu nem sei se dá para listar todas elas.

Pense no seguinte: você tem um emprego no qual ganha até um bom salário, ou pelo menos um salário razoável. E há também, é lógico, a maioria, que ganha um salário que não lhe satisfaz.

Em qualquer dessas circunstâncias, muitas vezes (aliás, quase sempre) tem que enfrentar, como eu já falei, chefe chato, colegas nem sempre muito colegas e tarefas muitas vezes insuportáveis.

E se quiser ganhar mais dinheiro tem que descolar um aumento, o que é muito difícil nos dias de hoje, ou então trabalhar dobrado, fazendo horas extras e coisas do tipo. Ainda assim, seus ganhos têm um limite, por mais que você seja competente e dedicado ao seu trabalho.

Em resumo: por mais que você trabalhe duro e faça hora extra, vai haver um limite que não será ultrapassado. Certamente, se você ganha 5 mil, ou 10 mil, não vai conseguir duplicar seu salário para 10 mil ou para 20 mil, mesmo à custa de muito sacrifício e de horas extras.

Além do mais, como eu também já disse, tem que enfrentar trânsito ruim, dificuldade de estacionamento, horários, rotinas, muitas vezes tem que enfrentar a jornada mesmo que não esteja bem de saúde; enfim, uma série de dificuldades que afligem qualquer trabalhador.

Na internet você não tem chefes, não precisa sair de casa e pode escolher o que quer fazer, tenha certeza disso. Isto significa não ter que enfrentar trânsito, nem dificuldade de estacionamento, nem chefe neurótico gritando no seu ouvido… E se não estiver se sentindo bem, pode dar um “tempo” sem precisar se justificar nem apresentar atestado médico.

Somente isso já seria uma grande vantagem. Mas tem outra que também é muito importante: os seus ganhos não têm limite. Ao contrário de um emprego fixo, com horários e rotinas, ao trabalhar pela internet os seus ganhos dependem, fundamentalmente, de sua seriedade e de sua dedicação. E pode acreditar: quanto mais você se empenhar, mais vai ganhar dinheiro.

Não dá nem para listar todas as vantagens de se trabalhar pela internet, mas vamos a pelo menos algumas delas: o seu público é praticamente ilimitado. Se você não optar pela internet e for comerciante e tiver uma loja física, por exemplo, vamos supor, uma loja muito grande, essa loja vai ser freqüentada por 20, 30, 35 clientes por dia. Está certo, um pouco mais: vamos supor 40, 50, 60, 100. Parece muito.

Na internet, os clientes são aos milhares, aos milhões, e não param de aumentar. E repetimos: quanto mais você for responsável, dedicado, esforçado, mais os seus ganhos se multiplicarão, sem limites. Não há leis, por exemplo, para dizer que sua “hora extra” não pode ultrapassar determinado limite em relação ao seu salário. Não há nada que o impeça de ganhar mais e mais.

E acredite: seus ganhos muitas vezes crescem de forma geométrica. Você agrega dois clientes, ou dois afiliados se tiver um programa de afiliados,  que podem se transformar em oito, depois em 32, em 128 e assim sucessivamente. Não há limites para os seus ganhos, não há nada nem ninguém que possa lhe dizer: desse ponto você não pode passar.

Tudo depende, basicamente, não vamos cansar de repetir,  do seu esforço, da sua dedicação. Mas aí pode surgir a grande pergunta: eu vou me esforçar, vou me dedicar, mas, e se eu não for tão competente assim?

Veja bem: o básico, ao trabalhar na internet, é você estar disposto a estudar e a colocar em prática tudo o que aprendeu. Isso nem é aprendizado. É mais, na verdade, treinamento.

Se você está disposto a ser treinado e a colocar em prática, você terá sucesso. Sempre. Desde, é lógico, que saiba escolher as pessoas e os meios de ser bem treinado. E esta é uma das chaves do grande negócio. Fuja dos picaretas e dos que oferecem fórmulas milagrosas. Afaste-se deles. Rejeite-os terminantemente.

Haverá quem diga, já estou até imaginando: eu conheço um sujeito que começou esse negócio pela internet e não conseguiu ganhar nada. Acabou desistindo.

Vamos falar sério: quem é que ganha mais dinheiro neste país? É banco, é banqueiro.  É ou não é? E não tem banco que quebra? Não tem banco que fecha as portas, que vai à falência? Então, não é a atividade em si: o que determina esse fracasso é a pessoa que está por trás dessa atividade, que está “tocando o barco”. Se tiver pique, se realmente se dedicar, se trabalhar sério, não vai quebrar não, e vai ter muito lucro sim.

Outra coisa que eu sei que você vai dizer: mas eu estou sem dinheiro, estou “duríssimo” para começar qualquer negócio. E eu lhe respondo: você é a pessoa certa para começar.

Quem está bem de vida, quem está rico, muitas vezes se acomoda. Você não pode se acomodar! E há muitas outras razões para você concluir que é a pessoa certa para esse tipo de negócio.

Uma das mais importantes: o capital para dar início ao seu negócio é muito pequeno, eu diria até que é insignificante em relação a outros negócios e a outros investimentos.

Se você está sem dinheiro, essa é a atividade certa, porque é a atividade que gera maior lucro com menor investimento.

Eu sei que você pode até não acreditar, e é por isso que eu vou lhe explicar: se você começar com um programa de afiliados, para citar apenas um exemplo, vai gastar um pouco mais de 100 reais para começar. Isso mesmo: um pouco mais de 100 reais, ou até menos. Eu comecei minha atividade na internet com menos de 50 reais.

E agora vem outra surpresa: você pode começar totalmente de graça. Isto mesmo. Porque, ainda que você dê início às suas atividades sem blog, sem site, sem hospedagem (que também é muito barata), você pode ganhar dinheiro, construindo, por exemplo, uma grande rede de relacionamento utilizando e-mail marketing e plataformas hoje disponíveis, como as redes sociais.

E você vai encontrar todas as ferramentas na internet, sem custo, para você aprender tudo, porque, além das informações que você vai receber (e que são muitas, vastíssimas, disponibilizadas pelo programa ao qual vai se filiar, se escolher esse caminho – desde que saiba escolher, e para isso vamos lhe dar dicas complementares além das que eu já citei) a internet é uma verdadeira enciclopédia de ensinamentos gratuitos que você também vai aprendendo a selecionar enquanto for estudando.

E pode acreditar: vai encontrar aulas incríveis sem nenhum custo, totalmente de graça.

Depois que você desenvolver o seu negócio na internet vai precisar de algumas ferramentas. É lógico que pode montar um blog gratuito. Se for desses sujeitos pão duro ou estiver mesmo totalmente sem grana, vai ser essa a sua opção. Tudo bem. Mas aí é onde entra a chave da questão: se quer ter um ganho profissional, use ferramentas profissionais. Você pode ter o seu domínio “ponto com” ou “ponto com ponto br” (ou outros disponíveis) por um custo baixíssimo. Tá duvidando? Sabe quanto custa  um domínio na internet? Cerca de 30 reais. Por mês? Não, por ANO.

Vou repetir: você mantém um domínio próprio por uma taxa de cerca de 30 reais por ano. Aí vai precisar de alguém que hospede o seu site. Sabe quanto custa isso?

Há hospedagem de excelente qualidade por um valor ínfimo, algo como 20 reais por mês, ou menos, muito menos, e para você vai ser suficiente, porque o blog ou o site para desenvolver esse tipo de negócio é muito simples. Isto sem contar, como já falamos, que você não precisa de blog nem de site para começar.

Agora, compare com o aluguel que você pagaria para montar uma lojinha, tipo cubículo, para desenvolver qualquer negócio numa loja física, sem contar os gastos que teria para colocar essa loja em condições de atender a clientela.

Eu conheço pessoas que têm salão de cabeleireiro onde mal dá para a gente se mexer e que pagam de aluguel, fora água, luz, telefone etc, algo em torno de 700 a 1000 reais por mês. E isso, repito, num cubículo.

E tenha certeza: todo esse preço absurdo por uma loja minúscula para ganhar infinitamente menos do que você vai ganhar com seu negócio na internet, ainda que não seja das pessoas mais esforçadas. Se for esforçado, pode ter certeza: o céu é o limite. Seus ganhos serão praticamente ilimitados.

Quem não deve fazer esse tipo de negócio ou “não presta” (desculpe essa expressão popular) para desenvolver um negócio pela internet? Eu só conheço um perfil que não deve nem tentar: quem não gosta de computador, quem não gosta de navegar na internet; quem detesta ficar em frente ao computador fazendo seja lá o que for. Somente para esses, sinceramente, eu vou dizer, pois não estou aqui falando a você para criar ilusões: não devem nem tentar.

Mas se você não se encaixa nesse perfil, se você é capaz de desenvolver uma atividade séria e honesta diante do computador, se você está disposto a aprender, a ser treinado e a colocar em prática o que aprendeu, não perca mais tempo. Decida agora o seu futuro. Você não vai se arrepender.

VOLTAR

About Gerson Menezes

Gerson Menezes é jornalista, escritor e empresário. Possui uma extensa rede de sites e três canais no YouTube. Em sua carreira profissional ministrou aulas como professor universitário durante 10 anos e atualmente se dedica à atividade de empreendedor digital. Em sua atuação em jornais, revistas, assessorias de comunicação, emissoras de rádio, livros publicados, artigos na internet, já produziu mais de 15 mil textos. Parte dessa produção está em seu site pessoal, no endereço http://www.gersonmenezes.com.br (Acesse em PC/notebook. Não acessível em dispositivos móveis por conter abertura em flash). Essa produção permanece em ritmo acelerado, pois há novos textos de sua Autoria sendo continuamente publicados em blogs de artigos e em sua rede de sites, direcionados a vários nichos de mercado. É também proprietário da empresa Texto e Vídeo Produções. Seu mais novo endereço na internet engloba toda a sua rede e abrange os segmentos de Educação, Motivação, Dinheiro, Saúde, Relacionamento, Mulher, Audiovisual e Turismo. Visite: https://www.pegseuebook.com.br

One comment

  1. Olá,
    Concordo plenamente com o artigo!
    Afinal são pequenas atitudes que deixarão nossa saúde melhor e irão dar mais vitalidade ao nosso organismo, bem como a forma com que nos alimentamos e nos exercitamos!
    Adorei as dicas e são de extrema importância!
    Abraço!

Participe com seu comentário

Importante
Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso de cookies.

%d blogueiros gostam disto: