Home / Artigos / Toda bagunça gera um líder

Toda bagunça gera um líder

adolf-hitler-150448_1280

 

Toda bagunça gera um líder.

Essa frase era sempre repetida por um amigo que eu conheço há vários anos. E eu sempre me questionei se essa frase é verdadeira.

Passaram-se várias décadas e eu, mais do que nunca, percebo o quanto a frase está correta.

Acesse a seguir o vídeo ou então continue lendo mais abaixo.

Olha, a gente vai falar de um bocado de coisas nesses vídeos e cada vez que eu gravo um, surgem mais assuntos e coisas novas.

Mas você já reparou que toda bagunça gera um líder mesmo?

Na época em que surgiu o Hitler, a Alemanha tava uma bagunça. Deu no que deu.

O Brasil tá uma bagunça mesmo e o que não falta aí é um bocado de gente querendo ser líder, querendo subir às custas da crise.

E, como na época de Hitler, fica provada a frase do meu amigo: “Toda bagunça gera um líder”.

O que a gente precisa ter muita atenção é exatamente aí: ter muito cuidado com os líderes que surgem, os chamados “salvadores da pátria”.

E o Brasil hoje tá cheio de “salvadores da pátria”, alguns deles tão nazistas quanto o Hitler.

Vamos ler juntos esse trecho do livro “A Grande Queda”, de James Rickards, em que ele aborda “A Doutrina do Choque”. Veja só que interessante:

trecho do livro

Isso não lhe lembra alguma coisa?

Veja só se não é a exata situação em que tá o mundo: ataques terroristas, desastres naturais, violência.

Olha só essa frase: Quando o choque ocorre, as pessoas ficam com medo…

Lembra que eu falei no vídeo anterior que as crises são aproveitadas pelos poderosos para obrigar você a fazer coisas que você não quer fazer, ou que você só passa a fazer porque está com medo?

E olhe só que curioso: você passa a abdicar da liberdade em favor daquilo que você considera que seja um “estado de ordem”.

Você já reparou no tanto de gente que tem pedido a volta da ditadura?

Pois é. E o que é a ditadura a não ser a perda da sua liberdade? E além do mais uma mera ilusão de que tudo vai se arrumar.

Você não imagina o tanto que os Estados Unidos começaram a afrontar as liberdades civis depois do ataque às torres gêmeas.

As pessoas ficaram com medo e passaram a fazer e a aceitar coisas que elas jamais aceitariam se não estivessem com medo.

E isso não tem só a ver com a questão política não, tem a ver também com a questão econômica, com o seu bolso…

Mas esse vídeo já tá ficando longo. Vamos falar mais sobre isso no próximo vídeo.

Não perca.

About Gerson Menezes

Gerson Menezes é jornalista, escritor e empresário. Possui uma extensa rede de sites e três canais no YouTube. Em sua carreira profissional ministrou aulas como professor universitário durante 10 anos e atualmente se dedica à atividade de empreendedor digital. Em sua atuação em jornais, revistas, assessorias de comunicação, emissoras de rádio, livros publicados, artigos na internet, já produziu mais de 15 mil textos. Parte dessa produção está em seu site pessoal, no endereço http://www.gersonmenezes.com.br (Acesse em PC/notebook. Não acessível em dispositivos móveis por conter abertura em flash). Essa produção permanece em ritmo acelerado, pois há novos textos de sua Autoria sendo continuamente publicados em blogs de artigos e em sua rede de sites, direcionados a vários nichos de mercado. É também proprietário da empresa Texto e Vídeo Produções. Seu mais novo endereço na internet engloba toda a sua rede e abrange os segmentos de Educação, Motivação, Dinheiro, Saúde, Relacionamento, Mulher, Audiovisual e Turismo. Visite: https://www.pegseuebook.com.br

Participe com seu comentário

Importante
Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso de cookies.